sexta-feira, 15 de junho de 2012

O poder das bem aventuranças


“Bem aventurados são os vossos olhos porque vêem, e os vossos ouvidos, porque ouvem”.-Mt 13;16
   Quando Jesus, ao ver a multidão, começa a proclamar uma palavra de vitória, esperança e felicidade à multidão que estava assentada para ouvi-lo pregar, o povo, talvez, insatisfeitos com a vida que levavam, com os problemas e dificuldades enfrentadas, começam a ser impactados por uma palavra que jamais eles tinham ouvido durante toda uma vida. As “bem aventuranças” proclamadas por Jesus, que produziam no coração de muitos um poder sobrenatural de transformação, fé e visão.
   “A palavra revelada ao coração de um homem impulsiona-o as grandes conquistas”. No livro de João 8:32 diz: “conhecereis a verdade e ela vos libertará”. Jesus não estava simplesmente pregando uma mensagem rotineira, Ele estava manifestando ao coração do povo, da igreja o poder da palavra. “E abrindo a boca os ensinava, dizendo”: bem aventurados [...], com isso nós percebemos que o ensino da palavra gera poder no coração de quem a recebe. As “bem aventuranças” é a palavra que confere, garante ao homem de Deus uma vida de excelência.

segunda-feira, 11 de junho de 2012

Festa do Céu: Uma noite de Louvor e Adoração


 
“Todo ser que respire louve ao Senhor. Louvem ao Senhor”- Salmos 150.6

    A nossa festa do céu, evento realizado no último dia 09, foi um mover de Deus sobre a igreja reunida em nossa cidade. Mais de 200 pessoas compareceram para celebrar e exaltar ao único e eterno rei e salvador Jesus Cristo. Numa noite profética e abençoada o Israel de Deus levantou um altar de adoração e louvor àquele que nos resgatou das trevas e nos transportou para o reino do filho do seu amor.
   A festa do Céu foi um evento onde a alegria, o amor, a paz e a unidade foram manifestadas no meio do povo de Deus que independentemente da denominação fortaleceu a aliança como um só povo, uma só nação, sacerdócio e Israel de Deus.
    Com a presença do ministério Declararei de Brasília e Anseio do Pai de Teresina a Festa do Céu marcou a igreja presente naquele lugar, Trazendo um reflexo de glória e santidade sobre cada vida que se rendeu aos pés do Senhor. “A Bíblia diz que aquele que tem fôlego que louve ao Senhor”. Louvor e Adoração características de um povo que não se envergonha de servir a Deus.
    O nosso coração foi impactado pelo grande agir de Deus que fluiu durante as ministrações. A abertura ficou por conta do projeto reggae, logo em seguida houve a ministração do irmão Cristiano do ministério anseio do pai, e o fechamento do evento ficou por conta do ministério Declararei que trouxe uma explosão de alegria e liberdade no meio da igreja. Como diz a escritura “conhecereis a verdade e a verdade vos libertará”.

sábado, 2 de junho de 2012

O contador de estrelas

“Então o levou fora e disse: Olha, agora, para os céus e conta as estrelas, se as podes contar. E disse-lhe: Assim será a tua semente”. Gn. 15;5
  
   Contar estrelas não é uma tarefa simples. Imagine você diante dos céus com a missão de contar estrelas, sabendo que cada uma delas seria uma semente a ser semeada, plantada numa terra boa e frutífera. Este foi o desafio que Deus entregou a Abraão, uma missão que iria romper com toda uma estrutura edificada pó ele. Contar estrelas como sementes.
   Se olharmos para a historia de Abraão observaremos um chamado de excelência na vida deste homem, perceberemos uma vida de intensas vitórias, grandes desafios, marcas de um adorador deixadas em todos os lugares onde ele e sua casa estiveram. Porém, com o passar dos anos, o mesmo Abraão vencedor começa a dar sinais de grande descontentamento e fraqueza. Genesis 15:1 diz: “Não temas Abrão, eu sou teu escudo, o teu grandíssimo galardão”. Deus adentra naquele momento para renovar as forças de um homem que estava à beira de uma crise.
    Abraão, ainda nomeado neste momento como Abrão, vive a frustração de não ter filhos, de não poder gerar. No verso 2 diz: “ Então disse Abrão: Senhor Jeová, que me hás de dar? Pois ando sem filhos...”. Talvez naquele instante houvesse, também, uma forte critica, dentro do seu coração, por não ver as promessas de Deus sendo cumpridas em sua vida. Diante deste cenário Deus muda tudo, o Senhor convida Abraão a ser contador de estrelas.