Palavra do dia



"Quando o Senhor  trouxe do cativeiro os que voltaram a Sião, estávamos como os que sonham.
“Então a nossa boca se encheu de riso e a nossa língua de cântico; então se dizia entre os gentios: Grandes coisas fez o Senhor a estes”. Salmo 126;1-2

      Sabem queridos, existem algumas situações em nossas vidas que parecem nos levar para o cativeiro. Lugares cheios de desesperança, medo, angústia e dor, e o mais impressionante lugares onde nos sentimos amedrontados. As marcas de um cativeiro físico ou espiritual podem deixar sequelas pelo resto de nossas vidas, se não soubermos lutar para romper, perseverar para a liberdade, será este o cenário de quem já vive sob o domínio do cárcere, ou sobre a escravidão do cativeiro.
    De repente veio sobre o meu coração este texto que traz a tona promessas irrevogáveis do Senhor sobre as nossas vidas, algo impactante que chega a arrancar de nossos corações um sentimento indescritível. O agir do nosso Deus não tem limites, se possível ou se impossível for Deus move todas as coisas para trazer de volta aquilo que perdemos. O profeta disse "Quero trazer a memória aquilo que me traz esperança" Lm.3;21
     Gostaria de tecer alguns princípios que vejo neste texto e que me faz confiar cada vez mais no Senhor e na sua palavra.

O preço do resgate- O Senhor trouxe do cativeiro porque houve um resgate, Deus na sua lembrança traz de volta àqueles que estavam sob o julgo do cativeiro, assim como fez comigo e com você. O sangue do cordeiro, o sacrifício de Cristo que nos remiu e nos libertou de toda condenação. É interessante dizer que a palavra remissão no grego (aphesis) significa literalmente "libertar do cativeiro". Paulo disse: O senhor me resgatou do império das trevas, lugar de cativeiro, e nos levou para o reino do filho do seu amor, ou seja, Sião.
O caminho de transformação- Deus quando resgata o seu povo os conduz diretamente a Sião, uma promessa impactante. O Salmo 114 diz; “Que do pó levanta o pequeno e, do monturo ergue o necessitado, para o fazer assentar com os príncipes, sim, como príncipes do seu povo”. Às vezes aquela grande tormenta que não parece ter mais fim, ela mesma, será a porta que Deus transformará para nos levar a lugares de excelência, sair do cativeiro e chegar a Sião é vencer as dificuldades e chegar no lugar de grandes conquistas.
 A realização do Sonho- Quando na concretização, na chegada a Sião àquele estavam como os que sonham, depois de tantos anos no cativeiro, sem perspectivas de mudança Deus realiza o milagre, já não era mais sonho era, assim, o sabor da vitória. “A vitória é a continuação do sonho e o sonho a porta para a conquista”.
A surpresa de Deus- Deus sempre tem algo a mais para o seu povo não bastava simplesmente resgatar o povo, Tinha que haver algo a mais. Deus traz o povo de volta justamente quando já se aproximava a colheita, o oposto do que se via no cativeiro estava adiante dos olhos da multidão. “Sempre existirá algo a mais na vida daqueles que não param de buscar”

Pr. Eugênio Serlam